COMECE A DIGITAR E PRESSIONE ENTER PARA PESQUISAR

Rosalind Franklin e a fotografia mais famosa da genética

Comemoramos no mês de julho o nascimento de uma figura muito importante na área da genética: a cientista Rosalind Franklin. A pesquisadora completaria 99 anos no dia 25, deixando como legado um dos maiores feitos científicos da história, contribuindo para o nosso entendimento sobre a estrutura do DNA e RNA. 

Nascida em Londres, Rosalind foi pioneira da biologia molecular, compondo o quadro de grandes pesquisadores do século XX. Apesar de demonstrar inclinação para a área da ciência desde os 15 anos, esse interesse contrariava o desejo de seus pais, que tentavam convencê-la de que essa carreira era muito difícil para mulheres. Apesar disso, em 1938, Rosalind ingressou na universidade de Cambridge para estudar química. 

Franklin era uma excelente aluna, demonstrando curiosidade e interesse naquilo que estudava. Esses fatores contribuíram para que a jovem, após a conclusão dos estudos, obtivesse o título de Ph.D. por sua pesquisa com microestruturas do carbono e do grafite.

Entre 1946 e 1950, Franklin esteve no Laboratoire Central des Services Chimiques de L’Etat, em Paris, onde utilizou a técnica de difração dos raios-x para analisar materiais cristalinos, o que veio a se tornar o grande trabalho de sua vida. Em 1950, a pesquisadora retornou a Londres, a convite do King’s College, para desenvolver estudos sobre a molécula de DNA. Nesse momento, passou a conviver com Maurice Wilkins. Entretanto, devido ao conflito entre as personalidades dos dois, a relação entre eles não era muito agradável, já que Rosalind era vista como uma simples assistente.

No decorrer de seus estudos sobre o DNA, a cientista conseguiu, pela primeira vez na história, fotografar o que seria a dupla hélice do DNA, utilizando uma técnica de difração de raio-X. A famosa fotografia ficou conhecida como “fotografia 51”, mas na época ela não associou a imagem ao formato de dupla hélice (como uma escada em caracol). Entretanto, um de seus alunos mostrou a fotografia a Wilkins. Ele, por sua vez, a compartilhou com seu colega de Cambridge, Francis Crick, sem que ela soubesse. Foi então que Watson e Crick combinaram a imagem com seus conhecimentos e, em 1953, publicaram na revista Nature uma série de artigos com a proposta de estrutura de dupla hélice para o DNA. Embora utilizando dados e fotografias de raios-X obtidos por ela, Crick e Watson, não só não a incluíram no artigo original publicado na revista Nature, como omitiram sua decisiva contribuição na elucidação do problema.

Fotografia 51 por Rosalind Franklin

Rosalind Franklin deixou de estudar a molécula de DNA em 1953, quando passou a dedicar sua atenção ao vírus do mosaico do tabaco, o que trouxe novos e importantes conhecimentos no campo da biologia molecular. Infelizmente, quando iniciou sua pesquisa sobre o vírus da pólio, em 1956, a pesquisadora foi diagnosticada com câncer de ovário. Mesmo doente, no entanto, Rosalind teve inúmeros trabalhos publicados e faleceu em 1958, com 37 anos. Em 1962, quatro anos após seu falecimento, o prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina foi então entregue a James Watson, Francis Crick, e Maurice Wilkins.

Quando faleceu, a cientista não havia sido reconhecida pelo seu trabalho com a difração de raios-X, essencial para as conclusões do trio ganhador do prêmio Nobel. Somente a partir dos anos 60, a comunidade científica passou a atribuir a Rosalind a autoria das imagens que permitiram a observação da dupla hélice. O prêmio Nobel, no entanto, nunca chegou a ser entregue à cientista, já que não há homenagem póstuma. 

No ano 2000, o próprio Watson finalmente citou o nome de Franklin como tendo papel fundamental para sua descoberta. Segundo ele, a cientista só não soube interpretar seus próprios dados, e Rosalind Franklin acabou ficando conhecida como a “dama sombria” da descoberta da dupla hélice do DNA.

Referências

  1. https://www.britannica.com/biography/Rosalind-Franklin
  2. https://cib.org.br/mulher-que-fotografou-o-dna-conheca-rosalind-franklin/
  3. https://brasilescola.uol.com.br/biografia/rosalind-elsie.htm
  4. https://biologo.com.br/bio/rosalind-franklin/

About the Author :

Deixe um comentário