Dia Nacional de Combate a Diabetes: como prevenir a doença?

Em 26 de junho é celebrado o Dia Nacional de Combate a Diabetes. A data foi criada pelo Ministério da Saúde, em parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS), para conscientizar a população brasileira sobre a doença que afeta cerca de 8% da população do país.

No período próximo a essa data, os governos, prefeituras e unidades de saúde de todo o país promovem diversas ações para levar às pessoas informações importantes sobre diabetes, a fim de ajudar na prevenção, diagnóstico e tratamento da doença.

Confira, na reportagem abaixo, informações importantes sobre o diagnóstico de diabetes:

O que é diabetes?

A insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas e é responsável pelo metabolismo da glicose. Caso falte esse hormônio no organismo ou ele seja incapaz de exercer adequadamente sua função, o nível de açúcar no sangue aumenta, levando ao estado de hiperglicemia permanente, o que caracteriza o diabetes.

A doença é multifatorial, ou seja, pode ser causada por diferentes fatores, incluindo alimentação desequilibrada, consumo exagerado de açúcar, falta de atividades físicas e, também, por influência genética.

| Saiba mais: Diabetes e genética – quais são as causas e o que tem a ver com o DNA?

Dados sobre diabetes no Brasil

O diabetes é considerada uma doença silenciosa, pois seus sintomas costumam ser leves e, muitas vezes, passam despercebidos. Contudo, a doença provoca uma série de complicações no organismo e, se não tratada, pode levar à morte.

De acordo com o Ministério e demais instituições de saúde, a doença já atinge mais de 16 milhões de pessoas no Brasil, e a previsão para 2045 é que chegue a 23 milhões.

Em um estudo realizado pela Genera, mais de 24% dos brasileiros testados apresentam risco genético aumentado de desenvolver diabetes.

Como prevenir diabetes?

Para prevenir diabetes ou evitar as formas mais graves da doença, são importantes algumas atitudes:

  • Ter uma alimentação equilibrada e nutritiva
  • Evitar o consumo de açúcar e produtos ultraprocessados
  • Praticar atividades físicas
  • Não fumar
  • Conhecer histórico familiar
  • Manter exames em dia
  • Consultar regularmente o médico

Além disso, conhecer suas predisposições genéticas também ajuda a adotar hábitos mais saudáveis para evitar a doença.

O teste da Genera indica risco genético tanto para diabetes tipo 1 quanto para o tipo 2, além de apresentar informações importantes relacionadas à nutrição, como ingestão de açúcares, fome emocional, armazenamento de gordura, entre outras características do seu organismo.

Confira o painel genético da Genera

diabetes
Entenda seus resultados com mais precisão e saiba que atitudes tomar com a ajuda de um especialista.