O que é a Escala de Risco Genético da Genera?

Muitas das suas características físicas, do seu metabolismo e, inclusive, da sua personalidade são determinadas pelos seus genes. Esses traços foram passados a você por seus familiares e já faziam parte do seu organismo antes mesmo do seu nascimento.

A cor dos seus olhos, por exemplo. Eles receberam a coloração que têm devido a uma variação genética específica. Se esse pequeno trecho do seu DNA fosse diferente, os seus olhos provavelmente teriam uma outra cor. Esse é um processo que acontece com inúmeras características genéticas.

Existem vários outros aspectos que são mais prováveis de estarem presentes em seu organismo se houver uma combinação de diferentes fatores em seu DNA. É o caso da maioria das doenças genéticas.

Levando isso em consideração, a Genera elaborou a Escala de Risco Genético, um painel exclusivo que indica o quão provável uma pessoa é de ser acometida por diversas doenças genéticas em comparação com outros indivíduos.

Ficou curioso para saber como ele funciona? Pois te damos mais informações aqui.

A base de tudo está nos SNPs

Para compreender o funcionamento da Escala de Risco Genético da Genera, precisamos relembrar das aulas de biologia. Todo o nosso DNA é formado por uma quantidade enorme de combinações de quatro bases nitrogenadas, cujas iniciais são A, G, T e C. Na medida em que essas letrinhas vão se ligando para constituir o nosso código genético, elas vão conferindo todas as nossas características.

Vamos imaginar juntos um mundo paralelo, onde algumas pessoas têm a habilidade de voar. Você pode voar, mas seu pai não. Isso aconteceu porque você tem, em determinado trecho do seu DNA, a combinação AGTC e seu pai, a variação ATTC. Essa pequena mudança – de apenas uma letra – alterou o funcionamento da capacidade de voar. Cada uma dessas trocas de letrinhas em nosso DNA recebe o nome de SNP, sigla em inglês para polimorfismo de nucleotídeo único.

Agora voltemos para o mundo real. Os SNPs existem de verdade e ajudam a determinar os seus atributos físicos, sua performance atlética e suas condições patológicas, por exemplo.

Entretanto, no caso de algumas doenças genéticas, é possível saber os seus riscos a partir da análise de vários SNPs distintos. Caso você possua um conjunto de vários SNPs de risco, você pode apresentar uma probabilidade maior de desenvolver doenças.

Resumindo, quanto mais SNPs de risco para uma doença estiverem presentes em seu organismo, maior será a sua predisposição a desenvolvê-la.

Escala de Risco Genético da Genera ajuda a descobrir riscos de doenças genéticas
Para avaliar os riscos de doenças, a Escala de Risco Genético analisa várias combinações de SNPs.

O que vou encontrar na Escala de Risco Genético?

A Escala de Risco Genético analisa diferentes trechos do seu DNA que podem apresentar SNPs de risco para doenças genéticas. Ela usa como base os Estudos Genômicos de Associação (do inglês, Genome Wide Association Studies, ou GWAS).

Depois de fazer essa varredura e de verificar se você tem genes de risco para as doenças, ela compara os seus resultados com os de todos os outros usuários da Genera e, também, com a incidência das doenças na população brasileira. A partir dessas comparações, a Escala de Risco Genético indica, em números percentuais, o seu risco de ser acometido pelas patologias ao longo da vida. Dependendo do valor, a porcentagem pode significar um risco aumentado, padrão ou reduzido.

Como os Estudos Genômicos de Associação são realizados tomando como base uma população específica, os resultados, quando aplicados a populações diferentes, podem não ser os mesmos.

Algumas das doenças analisadas pela Escala de Risco Genético são Alzheimer, câncer de mama, câncer colorretal, gota, doença intestinal inflamatória e diabetes (tipo 1 e tipo 2). Veja todas as doenças analisadas pelo painel.

Escala de Risco Genético da Genera ajuda a descobrir riscos de doenças genéticas
Exemplo de algumas doenças presentes na Escala de Risco Genético da Genera.

Dúvidas frequentes

Os resultados obtidos pela Escala não são um diagnóstico, isto é, eles não são conclusivos para determinar que você tem ou se terá alguma doença. A ferramenta aponta a sua probabilidade de desenvolver certas condições genéticas a partir da análise de somente uma parte do seu genoma.

Existem vários outros fatores, tanto genéticos quanto ambientais, que podem impactar no surgimento de algumas doenças, como o estilo de vida, a alimentação, o uso de medicamentos e a existência de comorbidades. Além disso, uma mesma informação genética pode indicar riscos diferentes dependendo da população analisada (europeia, asiática, indígenas americanos, por exemplo).

A Escala de Risco Genético é uma ferramenta complementar, que tem objetivo de ampliar o seu autoconhecimento e de te ajudar a pensar nas melhores estratégias de cuidados com o seu corpo e sua saúde. O diagnóstico, as medidas preventivas e o tratamento de doenças devem sempre ser elaborados por profissionais especializados.

Para entender seus resultados com mais profundidade, você pode agendar uma consulta com um aconselhador genético, oferecida pela Genera.

Outra ferramenta da Genera que pode ser uma aliada à sua saúde é o painel Doenças Genéticas. Esse painel, diferentemente da Escala de Risco Genético, não avalia o seu risco de desenvolver patologias em porcentagem. Ele apresenta se foram ou não detectadas variantes de risco em genes específicos.

Uma pergunta bastante comum é sobre a proteção dos dados genéticos. A segurança de dados é um assunto de extrema importância para a Genera. Seus dados estão protegidos e são armazenados de forma segura e anonimizada. Não permitimos nenhum acesso exterior a seus dados genéticos e pessoais. Leia nossa Política de Privacidade.

Como posso adquirir a Escala de Risco Genético?

A Escala de Risco Genético está incluída no kit Completo da Genera. Ao adquirir esse pacote, você terá acesso a todos os nossos painéis de saúde, bem-estar e ancestralidade. Conheça mais sobre os pacotes da Genera.

O teste genético é muito simples e rápido de fazer. Você pede o kit através de nosso site e o recebe em sua casa. A coleta do DNA é feita por swab, um cotonete que você esfrega no interior da sua boca. Depois disso, basta agendar com a gente a retirada das suas amostras. Fácil assim!

Além das suas predisposições a doenças, você poderá descobrir como o seu corpo reage a diferentes medicamentos, como aperfeiçoar os seus treinamentos físicos, quais são as dietas mais adequadas ao seu organismo e vários outros aspectos sobre você – até mesmo a origem geográfica dos seus antepassados!