COMECE A DIGITAR E PRESSIONE ENTER PARA PESQUISAR

Resultado do teste de Nutri: como interpretar

Com os recentes avanços da genética, que trazem consigo o aumento do acesso da população geral a exames genéticos no Brasil e no mundo, cada vez mais laboratórios oferecem novos testes e relatórios baseados em análises genéticas diretamente ao consumidor. Estes novos exames dão ao indivíduo informações mais aprofundadas sobre seu próprio corpo, que vão desde reação a medicamentos, alimentos, exercícios, predisposições para esportes, doenças, entre outras funcionalidades.

Um dos casos mais notórios é o dos exames pautados na Nutrigenética e na Nutrigenômica, ou seja, a ciência que estuda a relação entre variantes genéticas e o metabolismo de nutrientes.

 

Nutrigenética: como pode ajudar?

A nutrigenética é atualmente uma grande aliada para fornecer opções mais personalizadas no tratamento de doenças relacionadas à prescrição de dietas alimentares. Com o conhecimento a respeito dos polimorfismos genéticos, o profissional poderá fazer uma adequação da conduta do paciente de forma individualizada, ajustando macronutrientes, micronutrientes, compostos bioativos e suplementos nutricionais.

Desde então, a possibilidade de conhecer a fundo o próprio organismo e prever possíveis problemas inesperados no futuro, vem ganhando o interesse das pessoas a cada dia – tanto dos profissionais de saúde em prescreverem os testes, quanto dos pacientes que se beneficiam do conhecimento do próprio corpo.

 

Resultados: como interpretar?

Com apenas amostras de saliva ou sangue facilmente coletadas, os resultados dependerão do exame que a pessoa se propõe a fazer. Na Genera por exemplo, o exame de Nutrigenética (Genera Nutri), aliado ao teste Genera Fit, pode mostrar ao cliente inúmeras nuances de seu corpo, tanto para a alimentação quanto para a atividade física.O resultado conterá uma análise de suas características, como: deficiências de vitaminas K, D e B6, intolerância à lactose, sobrecarga ou falta de ferro, sensibilidade à cafeína e sensação de saciedade.

Vale ressaltar a importância de aliar todos esses resultados ao acompanhamento por profissionais bem preparados das áreas de nutrição e atividade física, pois, assim eles poderão garantir que as informações disponíveis nos laudos orientem a adequação correta da alimentação e das atividades físicas praticadas, proporcionando os melhores resultados possíveis.

Abaixo, preparamos um infográfico que ajudará você a entender seu resultado. Caso ainda não tenha feito o teste conosco, não se preocupe: estamos oferecendo aos nossos leitores um cupom de desconto de 10% na aquisição do Genera Nutri. Basta comparecer a uma de nossas unidades, apresentar um print deste infográfico e você já está elegível a adquirir o exame com desconto. Mas é por tempo limitado – somente até 30/06!

 

infográfico-com-instruções-para-leitura-e-interpretação-de-teste-genético

 

Referências

Zatz M. Projeto Genoma Humano e Ética. São Paulo Perspec. vol.14 no.3 São Paulo Julho/Setembro 2000. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-88392000000300009. Acesso em 05/2019

Colunista Portal Educação. Cromossomos Autossomos X Cromossomos Sexuais. Disponível em: https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/biologia/cromossomos-autossomos-x-cromossomos-sexuais/17892. Acesso em 05/2019

Dietbox. A diferença entre Nutrigenômica e Nutrigenética. Publicado em 20 de agosto de 2015. Disponível em: https://dietbox.blog/2015/08/20/a-diferenca-entre-nutrigenomica-e-nutrigenetica/. Acesso em 05/2019

 

About the Author :

Deixe um comentário