COMECE A DIGITAR E PRESSIONE ENTER PARA PESQUISAR

Exame para
intolerância à lactose

Mais prático, seguro e menos incômodo

Diagnóstico sem sofrimento

Uma nova alternativa ao teste oral de absorção de lactose, o diagnóstico molecular é mais barato e mais prático com sensibilidade superior

Entenda o exame


hipolactasia primária do adulto (intolerâcia à lactose) é uma condição caracterizada pela incapacidade da digestão da lactose, um dissacarídeo encontrado exclusivamente no leite materno dos mamíferos. Esta incapacidade se dá pela ausência da enzima lactase, que possibilita a quebra e absorção da molécula. Na ausência desta enzima, a lactose é fermentada pelas bactérias do trato gastrointestinal, o que causa sintomas como dores abdominais, sensação de inchaço na barriga, diarreia, gases, entre outros.

No Brasil, a hipolactasia primária do adulto mostra diferentes percentuais de prevalência em diversas etnias, indo desde 57% em pessoas caucasianas (brancas) até mais de 99% das pessoas asiáticas (de origem japonesa).

O sequenciamento do gene MCM6 permite identificar o genótipo do indivíduo dentre três possíveis: CC (associado à hipolactasia ou intolerância à lactose), CT e TT (associados com a persistência da lactasia, ou digestão da lactose).

Nossa metodologia simples e indolor, testada e validada pelo Hospital das Clínicas, apresentou 100% de sensibilidade contra 80-92% do teste de absorção da lactose (1), extremamente incômodo, doloroso e que precisa de preparo.

Referências bibliográficas
1) MATTAR, R., MAZO, D., INTOLERÂNCIA À LACTOSE: MUDANÇA DE PARADIGMA COM A BIOLOGIA MOLECULAR. Rev Assoc Med Bras 2010; 56(2): 230-6

Sensibilidade: teste molecular x teste de absorção da lactose

gráfico exame molecular contra teste de absorção

O teste de absorção é feito através da ingestão de uma dose de lactose concentrada, o que invariavelmente causa sintomas em pessoas afetadas. Já o exame molecular é feito através de uma coleta de mucosa oral com swabs

Teste molecular de intolerância à lactose

  • Metodologia: PCR
  • Genotipagem do gene MCM6
  • Amostra: saliva (mucosa oral)
  • Não é necessário pedido médico

Ainda tem dúvidas?

Entre em contato com nossa Central de Atendimento ou, se preferir, preencha o formulário a seguir e entraremos em contato.

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem