COMECE A DIGITAR E PRESSIONE ENTER PARA PESQUISAR

Gregor Mendel: o pai da genética

O século XIX foi um período muito importante para a pesquisa científica. Muitas das descobertas que estabeleceram os alicerces da ciência contemporânea se deram nesta época. Esta ciência, que hoje pode parecer complexa, baseia-se num princípio simples, quase banal: a observação sistemática da natureza. E poucas histórias ilustram isso tão bem quanto a de Johan Gregor Mendel,

A seleção natural já acabou? Fatos mostram que não

Quando nas aulas de biologia da escola aprendemos sobre a seleção natural – conceito idealizado por Charles Darwin no século XIX para explicar a origem das espécies como as conhecemos – ela soa como um processo distante, antigo, algo que já se deu há muito tempo e cujo resultado final é a biodiversidade que enxergamos hoje.

imigrantes

Imigração e diversidade genética: como se relacionam?

Em nosso país, a imigração estrangeira teve início no período de colonização das terras brasileiras, que foram povoadas e exploradas por meio de atividades agrárias, principalmente pelo povo português. Desde então, os processos migratórios deixaram importantes marcas culturais e econômicas em todas as regiões do Brasil, especialmente no Sul e no Sudeste, onde a rodovia que conecta São Paulo ao litoral se chama “Rodovia dos Imigrantes” dada sua importância.

Gestantes HIV positivas: é possível proteger o bebê da transmissão vertical

O caso de gestantes soropositivas vem aumentando a cada ano. Isso é uma consequência do crescimento recente do número de pessoas que contraem o vírus do HIV.

Mesmo com todo o avanço que a ciência obteve ao longo das últimas décadas, os casos de transmissão vertical de HIV ainda são decorrentes. Há alguns anos,

A história do Brasil contada pela genética de populações

A genética de populações é o campo da genética que estuda a relação entre marcadores genéticos e dinâmica de populações, ou seja, estuda, entre outras coisas, o impacto de fenômenos migratórios na distribuição de alelos dentro de uma determinada população.

Casos como o Brasil, que desde sempre experimentou intensos fluxos migratórios, tanto internos quanto externos,

Arqueólogos e geneticistas divergem sobre presença viking na Inglaterra

A civilização viking foi protagonista em muitos dos conflitos que marcaram o instável quadro político-militar europeu após a queda do Império Romano do Ocidente.

Sua história é marcada por constantes invasões, confrontos e batalhas por terras. Esses povos habitaram o Norte da Europa entre os séculos VIII e XI, ficando conhecidos por serem exímios navegantes,

A História dos Judeus Sefarditas no Brasil – Parte II

Vimos, na parte I deste conteúdo, como os judeus se estabeleceram na Península Ibérica e fizeram a identidade Sefardita florescer durante o período da presença islâmica na região e também durante a Reconquista. Vimos, também, que seguido a este período iniciou-se uma nova era de antissemitismo na região, protagonizada pela Igreja Católica e sua Santa Inquisição.

A história dos Judeus Sefarditas no Brasil – Parte I

A população judaica no mundo de hoje é calculada em aproximadamente 14 milhões de indivíduos distribuídos em praticamente todos os lugares do mundo. No Brasil, o censo do IBGE1 de 2010 calculou 107.329 judeus – aqui reside a maior comunidade judaica na América Latina e a 11ª maior do mundo.

Ao longo de sua história,

elizabeth-warren

Senadora chamada de ‘Pocahontas’ por Trump apresenta teste de DNA para provar raiz indígena

Por G1

Presidente havia dito que se ela demonstrasse ancestralidade indígena, ele doaria US$ 1 milhão a entidade de caridade.

A senadora americana Elizabeth Warren, apontada como uma potencial candidata à presidência pelo Partido Democrata em 2020, provou a veracidade de sua origem indígena depois de ser submetida a um teste de DNA que apresenta “forte evidência”

bola-de-basquete-cesta

Biólogos analisaram o DNA deste jogador de basquete para entender sua altura

Por Technology Review

Selecionado na primeira rodada do “draft” da NBA de 1993, Shawn Bradley, da Brigham Young University, chamou muita atenção devido aos seus 2 metros e 31 centímetros. Isso significa 12,5 centímetros a mais do que Shaquille O’Neal, uma das grandes estrelas da NBA, draftado um ano antes. Bradley consegue alcançar a cesta sem levantar os pés.