COMECE A DIGITAR E PRESSIONE ENTER PARA PESQUISAR
guerreira-viking

Novas evidências de DNA indicam que as mulheres vikings também batalhavam

Ao longo da história, diversas sociedades atribuíram diferentes papeis relacionados ao gênero dos indivíduos. As mulheres em quase todos os casos ficavam restritas ao papel de cuidadora dos filhos e do lar, enquanto os homens comandavam exércitos e governavam nações. Este cenário era diferente, porém, dentre as nações vikings – e agora evidências genéticas comprovam este fato.

vikings-invasores

Arqueólogos e geneticistas divergem sobre presença viking na Inglaterra

A civilização viking foi protagonista em muitos dos conflitos que marcaram o instável quadro político-militar europeu após a queda do Império Romano do Ocidente.

Sua história é marcada por constantes invasões, confrontos e batalhas por terras. Esses povos habitaram o Norte da Europa entre os séculos VIII e XI, ficando conhecidos por serem exímios navegantes,

praia-cacimba-do-padre-fernando-de-noronha

A História dos Judeus Sefarditas no Brasil – Parte II

Vimos, na parte I deste conteúdo, como os judeus se estabeleceram na Península Ibérica e fizeram a identidade Sefardita florescer durante o período da presença islâmica na região e também durante a Reconquista. Vimos, também, que seguido a este período iniciou-se uma nova era de antissemitismo na região, protagonizada pela Igreja Católica e sua Santa Inquisição.

bonecos-de-papel-varias-cores

A Relevância da Genética nas Políticas Afirmativas (Cotas)

Num país tão miscigenado e desigual quanto o Brasil, debatemos o uso da genética para garantir o acesso justo às cotas em vestibulares e concursos

Em julho de 2017, o Conselho Universitário (CO) da USP aprovou a adoção de cotas étnico-raciais para os ingressantes no vestibular de 20181. De acordo com a proposta aprovada,